Skip to content

COMO ESCOLHER O TRAJE DO NOIVO

29/05/2009

Para entender melhor a escolha do seu traje vamos levar em consideração algumas condições:
Qual a proposta do seu casamento? Informal – semi informal – formal ou alta formalidade (formalíssimo).
Qual o horário do seu casamento? Manhã – tarde ou noite.

Devo ou não usar terno?
Ternos também podem ser usados pelos Noivos em casamentos no Cartório ou cerimônias menos formais, seja de dia ou a noite. É um traje social mais leve e não é recomendável usar o terno que já tem no guarda-roupa para não ficar parecendo que saiu do trabalho ou ser lembrado pelo terno que usou no casamento do seu melhor amigo. Traje social é terno de cor escura, seja de dia ou de noite.
Seguro mesmo é comprar ou alugar um terno de boa qualidade, em tecido nobre, com colete e gravata, bom corte e caimento perfeito. Melhor ainda é encomendar um terno sob medida, exclusivo para o seu biótipo (customizado), com antecedência de pelo menos 3 meses. Se optar por comprar em lojas comerciais tenha cuidado, pois há muitos importados em tecidos de baixa qualidade e com cortes mal feitos que comprometem o visual. Pelo preço dá para perceber que “aí tem coisa”.

Qualidade do Terno
Para você entender melhor há alfaiates que nem querem trabalhar com certos tecidos de baixa qualidade porque são tão difíceis de modelar e podem comprometer a sua reputação. Também acontece o contrário, ou seja, alfaiates que não são assim tão hábeis na sua arte e fazem um estrago em um terno de tecido nobre. Nas minhas andanças em lojas comerciais fiquei surpreso de encontrar ternos confeccionados em microfibra bem cortados e acabados e ternos em tecidos Super_120 com deformações. A lógica deveria ser ao contrário. Os melhores alfaiates designados para produzir trajes em tecidos nobres e os novatos para produzir trajes em tecidos mais em conta. A maioria dos ternos disponíveis nas lojas comerciais são importados da Ásia onde se produz grande quantidade para compensar os custos. Os melhores trabalham com equipamentos de tecnologia avançada para modelagens e cortes, mas a mão de obra empregada trata-se de costureiras que montam as peças e não de alfaiates.

Vale à pena investir uma parcela do seu orçamento em um terno de melhor qualidade produzido por um exímio alfaiate. Nas lojas de aluguel pode-se encomendar um terno como primeiro aluguel tendo a possibilidade de investir em um traje mais luxuoso. Entretanto as mesmas observações sobre alfaiataria são válidas para estas lojas.

Veja abaixo as fotos indicando os defeitos mais comuns nos ternos.

Mostrar fotos com os principais defeitos nos ternos

TRAJE ESPECIAL PARA NOIVOS
Em Portugal são conhecidos como “Fatos de Noivos” que nada mais são do que roupas formais que envolvem o mesmo esquema da Noiva. Nem todas os lançamentos da Europa têm boa aceitação no Brasil devido ao tecido fluído e às combinações esdrúxulas para a nossa cultura. Poucos Noivos, muito pouco mesmo, optam por fazer um traje no estilo “Carlo Pignatelli”.

Também aqui os tons escuros são sempre mais bem quistos porque dão uma aparência muito chique. O preto é sempre predominante, mas há opções de cinza chumbo, azul marinho ou café. Entretanto nada impede de optar por uma cor clara como o bege ou cinza se a cerimônia for até o final da tarde. Para casamentos na praia os tons “off white” ou cáqui ficam bem com uma bata ou camisa branca sem gravata.

Casamentos de alta formalidade pedem trajes clássicos ou tradicionais, assim como a casaca, dolman (túnica fechada) ou o fraque. Alguns caíram em desuso. Neste grupo incluem-se summer black, rafinatti, dinner e jaquetão rigor. O Summer jacquet (paletó branco e calça preta) ainda é bem aceito para casamentos no campo ou festas à beira da piscina. Uma boa combinação que ainda é usada em festas muito chiques.

Fuja dos smokings tradicionais (paletó de 1 botão) que são mais recomendados para festas “black tié”. Smoking é roupa de festa e não de cerimônia. Se fizer a opção por um smoking que seja um estilo europeu (com 2 ou 3 botões), com colete prata e gravata italiana ou plastom. Nada de gravata borboleta e faixa.

Os trajes da hora são as túnicas, casacos ou fraquetes com cortes retos e modernos. Nada de detalhes em cetim prata ou de cor diferente do tecido que também não se usa mais. Muito brega. Admite-se que o tom escuro possa ser quebrado com um colete e gravata em cetim de outra cor. Os coletes pratas estão na moda, mas há outras cores que também deixam a composição muito bonita. As cores ouro velho, chumbo, vinho ou vermelho são ótimas.
Os acessórios bem escolhidos valorizam a imagem da escolha do seu traje.

No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: